Ter ou não ter Facebook na empresa? Eis a questão

Há quem diga que o Facebook está a perder terreno. Há quem seja mais cético em relação a expor a empresa no Facebook. Mas se fizermos uma lista de prós e contras, vemos que os prós ainda beneficiam o nosso amigo Facebook como uma ferramenta fundamental para a tua empresa.

  1. Os Números

Se em marketing e vendas tudo se resume a números, então lembra-te: existem quase 6 milhões de utilizadores do Facebook só em Portugal, dos quais mais de 4 milhões são utilizadores diários. Falamos de praticamente mais de metade da nossa população. Não haverá anúncio de televisão ou outdoor que consiga alcançar este número. Está comprovado que atualmente o primeiro instinto das pessoas é procurar a empresa no Facebook e não o seu site. Verdade? Basta pensar no que nós próprios fazemos.

  1. Leads de qualidade

O objetivo de tantos utilizadores não é gerar uma corrida desenfreada de likes e seguidores. O importante é saber criar o grupo alvo certo para a tua empresa. O Facebook permite-te conhecer o perfil dos seus utilizadores e criar grupos alvos para as comunicações das empresas. Ao conhecer bem o teu grupo de fãs, saberás também qual o nicho de mercado em que estás a ter mais sucesso e é nesse que deves focar-te. Estas serão as tuas leads.

  1. Relação com o cliente – canal com duas vias

Ouvir o cliente e poder responder-lhe. Com uma relação mais personalizada com o cliente chegamos àquele que é o sonho de qualquer empresa: fidelização. Se os teus seguidores vêem que és ativo e responsável, que não deixas o cliente sem resposta, estarão muito mais predispostos a fazer negócio contigo do que com uma empresa cuja presença no Facebook é apenas simbólica.

  1. Exclusividade – a magia dos anúncios personalizados

Lembras-te dos anúncios da televisão em que alguém diz “a pensar em você”? Banal! Qual a probabilidade de pensares “Eu? Nada disso!” E toca a pegar no comando para mudar de canal. Cada vez mais o cliente também tem o poder de escolher a publicidade que quer ver. O Facebook permite escolher o público alvo e personalizar o anúncio, para que o cliente se sinta verdadeiramente especial. A mensagem será muito mais eficaz. Poderás também publicar fotografias ou vídeos dos teus produtos e/ou serviços. As pessoas podem conhecer as novidades sem precisar de ir às instalações da empresa.

  1. Dinheiro – ainda a pensar no âmbito da publicidade

Quem paga os grandes anúncios que vemos nos meios de comunicação tradicional? Os grandes. Uma pequena/média empresa pouca oportunidade teria neste mundo de tubarões. Com o Facebook o dinheiro que necessitas de investir para uma boa e eficaz campanha é irrisório, com a vantagem de que não só tem muito mais retorno, como consegues medi-lo. É possível monopolizar e apurar quais as compras e/ou adesões que são feitas através de links anunciados no Facebook. Por outro lado, o Facebook Insights também permite analisar a fundo todos os dados relativos aos seguidores da empresa e perceber quais os posts que foram um sucesso e quais aqueles que gritam para serem esquecidos.

  1. Aumento do tráfego no site oficial da empresa

E o que vais fazer com o fantástico site da empresa? Calma. O Facebook não tem como objetivo substituir o site, muito pelo contrário, há empresas que o usam para poderem canalizar o tráfego para o seu site. É um caminho, direto e mais seguro do que confiar na boa vontade do Google. Se a tua empresa não é a que surge em primeiro lugar, qual a probabilidade de ainda ser “visitada”?

  1. Mobilidade Garantida

Sendo que a maioria dos utilizadores do Facebook acede ao seu perfil no telemóvel, todos os conteúdos divulgados no Facebook estão otimizados para o smartphone. Quantos sites de empresas podem dizer o mesmo? A não ser que a tua empresa tenha um site otimizado para a versão móvel, a probabilidade de o site aparecer desconfigurado ou demorar mais tempo a carregar é imensa. Num simples acesso, o Facebook resolve esse problema. Com a vantagem de que com uma página da empresa no Facebook tens logo toda a informação básica e importante: contactos, morada, tipo do negócio e um pouco da história.

  1. O Segredo dos Deuses… já era.

Já não é preciso ter espiões na concorrência. No Facebook tudo está à vista, para o bom e para o mau. Perfeito para aprender com os erros dos concorrentes ou para inspirar a fazer algo diferente e melhor. É a melhor ferramenta para saber também em primeira mão o que a concorrência está a fazer.

E se mesmo assim estas razões não te convencem, deixa-me lembrar-te de que grandes empresas internacionais usam o Facebook para as suas campanhas. Uma das melhores e maiores campanhas, por exemplo, foi realizada pela Pepsi em 2013, quando criou máquinas automáticas com acesso ao Facebook. As pessoas apenas tinham de fazer Like na página da Pepsi para ganhar uma lata grátis. Mais do que os Likes, a Pepsi conseguiu reunir dados de leads preciosas para trabalhar mais tarde. Este era o primeiro passo para uma relação mais próxima com os seus clientes.

Estás preparado para o teu primeiro passo? Agora é importante definir a estratégia e não cometer os erros comuns… mas esse já será outro post.